Aprender a estudar - Parte I

domingo, 24 de outubro de 2010

Elementos desta primeira parte:
·         Objetivo do texto
·         Horário
·         Pausas
Objetivo do texto

Por que escrever sobre “aprender a estudar”? Porque muitas pessoas não sabem estudar. Este texto tem como objetivo ajudar o leitor a repensar a sua forma de estudar, fazer testes e observar (e, claro, festejar) os resultados.

Horário
           Uma pessoa com metas terá sempre que investir no estudo tanto, e muitas vezes até mais, do que nas outras ocupações. São necessários alguns cuidados na hora de selecionar os horários de estudo, aqui estão alguns deles:

Rotina – Mais valem 2 horas diárias, do que 14 horas diretas em um único dia da semana. É recomendado que se utilize um cronograma, elaborado por você mesmo de acordo com suas ocupações extra-escolares.

Horário de melhor rendimento - Geralmente as pessoas tem rendimento intelectual melhor de manhã, do que a tarde e do que a noite. Mas cada pessoa possui seu próprio ritmo, o ideal é que se descubra qual o seu melhor horário.

Alimentação - Deve-se também evitar o estudo logo após refeições pesadas, assim como antes de dormir.

Pausas

           Há pessoas que têm a ilusão de que estudar sem pausa melhora o rendimento. Para aprender, devemos nos empenhar com entusiasmo, durante um tempo mínimo (estima-se que meia hora), mas esse tempo não deve se prolongar demais.

Quando se está a muito tempo numa tarefa, emperrado com alguma situação mais complexa ou quando o pensamento está se dispersando, é a hora de dar uma pausa, quando falo de pausas me refiro a pequenas pausas de aproximadamente 10 minutos, onde você possa andar, beber água, ir ao banheiro, fazer algum alongamento, etc. Mas nesse tempo, não se deve fazer nenhuma atividade que possa prendê-lo. 
Ex.: Vídeo-games, televisão.

Intercalar diferentes disciplinas pode ser uma alternativa para sair da fadiga. Um novo tema pode trazer consigo nova motivação e renovação de energias para continuar, tendo apenas o cuidado de escolher  um tema que não tenha relação próxima com o anterior.  Por exemplo, é muito mais fácil confundir os números 336498 e 336489 do que confundir 336498 com 758465. Porque os primeiros são semelhantes enquanto os outros são bastante distintos.

Pode-se utilizar como base, a regra de 10 minutos de pausa a cada 1 hora de estudo.

2 comentários:

Deni disse...

Muito legal as dicas! Mas de nada adiantam se vc realmente ñ qr estudar, se vc deixa a preguiça dormir +q vc msmo, se vc se perde no Twitter e no MSN. kkkkkkkkkk É preciso ter força de vontade: se vc não conseguir cumprir suas metas nunca conseguirá atingir seu objetivo. [;)]

Claudemir Júnior disse...

Isso mesmo Deni e não sejamos radicais, também é preciso fazer coisas extra-escolares, assunto de nova postagem! Motivação, autoconfiança e persistência também serão temas aqui abordados, nessa seção "Didáticos" ainda na série "Aprender a estudar".
Muito obrigado pela visita e participação.

Postar um comentário